Da Série: Do fundo da gaveta…

Todo o mundo postando as novidades da Beauty Fair, e eu aqui usando verniz do fundo da gaveta! Ahah Mas vá lá, hoje vem em dose dupla!😉

Como vocês sabem prometi que esse ano me controlaria, e apesar de não ter cumprido a promessa de não comprar esmalte, onde é que eu tava com a cabeça quando prometi isso?!, tenho tentado vasculhar a gaveta, ao invés de vasculhar as lojinhas on-line! Hoje trago mais 2 esmaltes bem do fundo da gaveta, começo com:

Andreia 43 + Havana, Risqué

O Havana foi lançado, no já longínquo, ano de 2008, na colecção Mundo, (brigada Bee!) assinada por Reinaldo Lourenço, juntamente com ele foram lançadas mais 4 cores: Tóquio, Marrocos, Bali e Viena. Eu nunca tinha percebido, porque foram comprados aos poucos, mas tenho todos os membros da colecção à excepção do Marrocos!😉

Apesar de morar lá em casa há muito tempo, o Havana nunca tinha sido usado, sabia que ela era muuuuuuuito ralo, precisaria de 327 camadas e muita paciência, e tudo o que precise de mais que 3 camadas, eu ponho de parte! Parti para outro filho amado e encostado, o Andreia 43 que é o meu vermelho favorito! Com o vidrinho já na mão, lembrei que o Andreia já tem uma pegada laranja, achei que combinaria lindamente com o Havana, e modéstia à parte, acertei! Amei a combinação, e o Andreia de base ainda ajudou a realçar o laranja do Risqué, que além da cor tem um brilho lindo.

Eu não sou a maior fã de vermelho puro, ou laranja, mas vermelho vibrante ou alaranjado adoro!🙂 Foram 2 camadas do Andreia e uma de Havana, o brilho dele é maravilhoso, e dispensei o TC!

O próximo esmalte já tinha visto a luz do dia, mas apenas nos meus pezinhos, chegou a hora de brilhar na minha mão:

527 Yes Love com glitter Clyde, Essence no anelar

O Yes Love é azul royal purinho, com cobertura fantástica, uma camada generosa e tá mais que bom! Ele fica com um acabamento emborrachado que até curto noutros tons, mas achei que esse merecia brilhar! Para fazer uma graça, taquei uma camada do glitter Clyde da Essence (faz parte de um dos sets de nail art twins que mostrei aqui!), que também só tinha sido usado uma vez.

Tudo lindo e perfeito até chegar a hora de limpar! Eu sei que azul royal e muito pigmentado é difícil, mas oh coisa ruim, fiquei manchada de azul até ao osso gente… O azul saiu da unha, mas não saía da minha pele de jeito nenhum… Acho que minha mão ficou azulada por uns 2 dias! Para limpar as cutículas e quando usei no pé, não tive esse problema… Não entendi! Vai ficar em quarentena lá em casa e ser testado novamente, caso o problema se mantenha lixo com ele!

Vocês gurias, têm limpo o pó dos vidrinhos lá do fundo da gaveta?!

Beijo! ♥

12 Responses to Da Série: Do fundo da gaveta…

  1. Deise Garay disse:

    Manchar até o osso foi feio, Joana! Tenho vários azulões mas tenho um certo medinho de usar por isso…mas amei a combinação do Andreia com o Havana. Não uso muito vermelhos alaranjados, mas gostei muito, e vou experimentar com as coleções atuais. Beijo

    • Joana disse:

      Não encontrei definição melhor Deise! É horrível!😉

  2. Franci Pacheco disse:

    Que vermelho lindo, não conhecia, pena que não é mais vendido! Amei demais!

    • Joana disse:

      Oi Franci, é uma pena ser tão ralo, a cor é linda!

  3. lindas combinações… eu estou precisando tirar uns do fundo da gaveta tbm..
    PS: quero tanto um Viena *rezo para a Risqué voltar com ele e com o Azulejo Português e completar 15 clássicos kkk

    • Joana disse:

      Ah Thabata, eu tenho um de reserva do Azulejo e outro do Viena! Amo tanto os 2 que tive que comprar 1 de cada de reserva!🙂

  4. beeanka disse:

    Jo, essa coleção que você citou não foi a Passarelas, mas a Mundo! A Passarelas é a do Azulejo Português, Branquíssimo e etc.

    • Joana disse:

      Brigada Bianca!!😉 Rectificado!

  5. excel-chan disse:

    Nossa, que saudades do Havana, esse por incrivel que pareça eu cheguei a usar até quase acabar, quando faltava um dedo e já bem vencido eu acabei achando um dupe dele de outra marca e é ele quem habita minha caixinha, mas adoro ele porque acho a cor linda, mesmo sendo um jelly bem transparente e porque permite várias possibilidades, já usei ele por cima de esmalte para alterar a cor, em art nail, e até para tingir craquelado branco : ), efim adoro bastante o Havana : )
    E esse azul royal é lindo demais, adoro um azul assim, mas todos que eu tive são suados para limpar, mas mesmo assim uso (minha mãe até já jogou fora um que era campeão das manchas, o Azul Cobalto da Impala) kkkk
    Eu ando retirando o pó dos meus vidrinhos também, agora que os esmaltes estão salgadinhos (em comparação a quando comecei a comprar esmalte que com 10 reais fazia a festa e hoje dependendo do esmalte nem dá para comprar kkkkk) eu ando desencalhando verdadeiras reliquias também rsrs
    Beijos ^.~

  6. lindos! azul é fogo quando mancha a unha. tenho dois que foram pra lista negra! rss

  7. Limpei o pó esse final de semana, hehehe… Achei um monte de esmalte antigo, inclusive o Gabriela, um dos vermelhos que mais gosto da Risqué!

    Besos!

  8. Kelly Porto disse:

    Eu tbm to aprendendo a me controlar com relação a compra de esmalte, pq sempre tem aquele bonito q a gente vive deixando de lado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s