Beauty Color – Chocky + Sally Hansen – Be-Jeweled

Encasquetei que queria usar novamente o Be-Jeweled (que já mostrei aqui), só que dessa vez resolvi que passaria um esmalte de base pra ver como ficava.

Escolhi o Chocky que era um lilás que não tinha usado até então, e que na minha cabeça casaria muito bem com o Be-Jeweled.

Beauty Color - ChockyForam duas camadas e sem TC! Achei que ele brilha tão bem que nem precisaria correr o risco de passar (porque atualmente só tenho roxinho) e estragar esse tom maravilhoso! Adoro esse vidrinho da marca, acho tão lindinho! E a qualidade deles é muito boa, são super fáceis de aplicar, não marca o pincel nem nada, e secam rapidinho, na medida do possível.

Tirei essa foto sem flash sob luz branca artificial e o tom não está exatamente igual na vida real, na próxima foto aproxima mais.

Aliás, gostei tanto dele que resolvi fazer apenas uma filha única com o Be-Jeweled:

Beauty Color - Chocky + Sally Hansen - Be-JeweledBati a foto agorinha, o dia está chuvoso… 🙂

Tá uma coisa romântica essa esmaltação hehe, curti!

É isso, beijocas!

Anúncios

Testando o truque da cola com o Be-Jeweled da Sally Hansen (Parte 2)

Antes de mais nada, sim, a minha unha está muito amarela… Ela já estava amarela antes, mas lembram da esmaltação que usei no natal, com o Saint George da A England? Pois é, caí na besteira de usar esse lindo sem passar base antes, aí pigmentou mais ainda minha unha. Estou deixando a vergonha de lado só pra mostrar pra vocês que a unha não estraga com a técnica da cola! Prometo que se eu descobrir uma receita caseira que realmente funcione pra dar uma limpada, compartilho aqui.

Depois de uns uns 2 ou 3 dias, o  Be-Jeweled ficou assim na unha:

Sally Hansen - Be-Jeweled + técnica da cola branca (6)

Um pouquinho lascado só né? Mas não acho que tenha tido algo a ver com a cola, e sim com o esmalte mesmo e a durabilidade.

Não senti que o esmalte levanta da unha na hora do banho (eu lavo o cabelo todos os dias se isso faz alguma diferença na durabilidade) ou lavar louça, mas é aquilo né, eu só tomo banho gelado, talvez influencie em algo.

Leia mais deste post

Testando o truque da cola com o Be-Jeweled da Sally Hansen (Parte 1)

Eu já testei essa técnica uma vez em uma única unha e não deu tãããão certo assim. Resolvi dar uma segunda chance porque tenho usado muito glitter, e apesar de não ter grandes dificuldades na remoção, queria muito que desse certo pq me pouparia tempo precioso hehe!

Mas antes, deixa eu falar sobre o esmalte um pouco.

Comprei ele junto com o Lady Luck (que mostrei aqui) mais ou menos no meio do ano passado e tô usando agora, pela primeira vez… Aliás, o primeiro esmalte do ano hehe!

Na época eu não achava pra vender em lugar nenhum, ou quando achava, custava caríssimo! Antes de desistir de vez, resolvi conversar com a Katia da Esmalteria da KK se existia a possibilidade de trazê-los pra mim. Lembrando que ela não vende e nem nunca vendeu essa coleção, perguntei de enxerida mesmo, naquelas do vai que…!  E pra minha felicidade, ela conseguiu encomendar! *-*

Sally Hansen - Be-Jeweled (3)Sally Hansen – Be-jeweled (duas camadas)

Agora uma foto mais próxima da luz branca…

Sally Hansen - Be-Jeweled (1)Sally Hansen – Be-jeweled (duas camadas)

É ou não é maravilhoso? Mas na foto tá horrendo! Pessoalmente é incrivelmente lindo!

São 2 (será?) tipos de glitter: um lilás bastante fininho e outro um pouco maior (porém ainda pequeno) meio rosado, e se não estou ficando doida, tem alguma coisa de holográfico também, bem pouco, só consigo ver em determinadas iluminações e posições.

Brilha, mas brilha MUITO mesmo, gente!

Agora vamos falar sobre o truque da cola…

Leia mais deste post

Apresentação + Sally Hansen – Lady Luck

É com muita felicidade que escrevo esse post hoje, espero que seja o primeiro de muitos que virão! ^^

Talvez algumas de vocês já me conheçam do flickr, mas vou fazer uma apresentação breve e superficial por dois motivos: o primeiro é que eu não sei falar de mim e o segundo porque ainda tenho um esmalte baphônico pra mostrar pra vocês e falar sobre hehehe!

Meu nome é Camila, mas quem se sentir a vontade pode chamar de Mila, Cami, Cá, qualquer coisa que não seja xingamento eu to de boa! 😛

Tenho 24 anos, namoro há 6 e recentemente iniciei minha faculdade de administração. Também estou fazendo auto-escola e superando o nervoso que eu tenho de trânsito hehehe!

Agora vamos falar do esmalte que deixei pra mostrar aqui pra vocês em primeira mão, que é o Lady Luck da Sally Hansen:

  • 1 camada de base;
  • 3 camadas do Lady Luck;
  • 1 camada de base glitter da 5cinco;
  • 2 camadas de TC da Ideal.

Ele é cheio de MICRO glitter magenta e glitter holográfico um pouco maior, tudo com base transparente. O incrível é que o micro glitter magenta também brilha bastante, acende mesmo, o que deixa o esmalte a coisa mais mágica que tem! S2

Olha só o que eu tô falando, nessa foto desfocada dá pra ver tudo isso:

Ele cobre bem com 2 camadas generosas, mas eu preferi passar 3 mais finas pra não correr o risco de ficar “gordinho” na ponta, sabe? Da próxima vez vou preferir passar um esmalte por baixo de cor semelhante pra economizar esse lindo porque sou dessas, e também pro acabamento não ficar tão áspero por conta do glitter.

Sempre pensei que ele fosse do mesmo tom que o OPI DS Extravagance, tirando as diferenças de acabamento e tudo mais, só que na verdade o OPI tem o tom mais sóbrio, é mais escuro. Mas eles são primos de 2 grau hehehe!

  • Indicador: Lady Luck (3 camadas + TC)
  • Anelar: DS Extravagance (2 camadas + TC)

Apesar de BEM chamativo, daqueles que todo mundo repara, é ao mesmo tempo elegante e com a maior cara de festa!! Não conheço nenhum dupe dele, se alguém souber conta nos comentários!

É isso, meninas!

Um super beijo :*

Top 15 – Os Favoritos de 2011 (Joana)

Oi meninas,

Antes de mais quero desejar a todas um grande ano de 2012, cheio de amor, alegria, carinho, saúde e dinheiro claro, porque sem um pouquinho dele é difícil conseguir ter paz para conseguir todas as outras coisas! Muito sucesso para todas nós! 😀

Aviso também que para este novo ano ainda bebé, uma das minhas resoluções é aderir à campanha “No Buy”! Eu tenho tantos esmaltes não usados ou que o foram apenas uma vez, que chega a ser criminoso comprar mais. Acho que finalmente caíu a ficha e eu entendi que não preciso de mais vidrinhos… Pensei até em desapegar de alguns, mas não criei coragem ainda para dar esse passo! No próximo explico melhor, até porque hoje, é a minha vez de eleger os meus 15 esmaltes ou combinações favoritos do ano de 2011.

Como foi difícil meninas… Eu pensei: “15, facílimo!…” A verdade é que revendo as fotos do ano passado, achei que havia muito mais esmaltes que mereciam estar aqui, e foi complicado escolher, mas cá vai, sem ordem nenhuma específica (organização é uma virtude que eu não tenho):

Leia mais deste post