Love Me 205, Magnetic

Cansadas de magnéticos?! Espero que não, porque ainda não cansei, e a cada novo magnético que uso, o meu amor por eles só cresce! O bonito do dia é mais um Love Me, que custou apenas € 1,50:

001

Adorei a cor, ele é um castanho acobreado, com um glow dourado lindo, e que mesmo sem a ajuda do sol, não passa por um castanho boring e comum. Cada Love Me, vem com um imã na tampa, mas também são vendidos apenas os imãs, com os mais variados formatos. O da estrelinha da foto, comprei avulso e custou apenas € 0,50. Leia mais deste post

Anúncios

Flormar Supershine P057

Depois de usar o Noite Quente, a minha paixão por roxo reacendeu, e na hora de fazer as unhas, já estava decidido que seria o Flormar de hoje! Tenho há séculos, e nunca tinha usado… Viciada é assim, não resiste ao impulso, compra, e depois demora meses, ou até anos para usar… Fenómeno que tem que ser explicado psico e sociologicamente. 😉

O bonito finalmente viu a luz do dia, e é só amor:

007

Usei apenas uma camada, a cobertura é perfeita, o pincel é comum, mas o esmalte é tão pigmentado e tem uma fórmula tão boa, que o faz uma delicinha de passar, o brilho é óptimo, nem precisei de TC… E o melhor de tudo é 3 free! Não, ninguém me paga para fazer propaganda, mas quem critica quando é mau, também tem que valorizar o que é bom, e pelo menos esse P057 merece todos os elogios.

Para quem nunca ouviu falar, a Flormar é uma empresa italiana, fundada em 1970, mas a produção é feita na Turquia desde 1972. Eles tem vários produtos de estética e maquilhagem, nos esmaltes – o que nos interessa, têm desde glitters a duos, cremosos a cintilantes, magnéticos e, reza a lenda que até holos… Lenda, porque nunca tive o prazer de os ver ao vivo, só em fotos na internet. O mais perto de um holo deles que possuo, é um glitter holográfico poderosíssimo, que claro que não lembro a referência o nome, mas ainda aparecerá por aqui.

Agora, me perguntem, há coisa pior que verniz numerado?! Há! Verniz que além de ter números, tem letras também… O nome passa a ser basicamente uma referência, impossível de ser memorizada, e que só me lembra de electrodomésticos… Tipo: “Comprei uma TV nova, é um LEd da LG TX… … qualquer coisa!” A gente não lembra, mas entendo, porque dentro do mesmo modelo, há uma infinidade de características técnicas que mudam, e convenhamos que, não se pode chamar uma TV de Chuva, ou Algodão Doce, né?! Mas um esmalte? “Ah que esmalte lindo, qual é?! Ah é o Flormar P0572.” WTF?!! A pessoa nunca mais vai lembrar… É muita falta de imaginação!

Flormar, com esmaltes tão lindos não deve faltar inspiração para nomear os esmaltes, eu ajudo, esse roxinho fofo chamaria de Ancient Dream, Supernatural, Super Power… Sempre acho roxo poderoso,  meio místico, é tão raro na natureza!

Beijo!! ♥

Vai um fosquinho aí?!

Há quem ame, e quem odeie! Eu estou no meio, uso muito pouco. Acho a cara do Inverno, adoro o efeito, mas raramente uso porque o esmalte fosco realça todas as imperfeições da minha unha, e se a esmaltação não for perfeita fica uma verdadeira caquinha.

Claro que nem tudo é mau, todas as que experimentaram foscos, sabem que a secagem é ultra rápida, uma boa escolha nos momentos de correria, já a durabilidade deixa muito a desejar. Normalmente passo um dia apenas com o fosquinho, porque as pontinhas da unha começam a ficar com aquele aspecto engordurado que detesto!

Fiz uma compilação dos poucos esmaltes foscos que usei nos últimos tempos, para vocês darem o veredicto! Seguem:

005

Topázio Púrpura, Risqué – 2 camadas

Leia mais deste post

Love Me – 303, Magnetic

Lembram que fiquei eufórica quando encontrei magnéticos a € 1,95, né?! Na altura comprei apenas 1, porque quando a esmola é grande, o santo desconfia, e achei o precinho bom demais, tive receio que fossem uma caquinha. Desconfiança sem motivo, porque o que comprei, funcionou lindamente, e é bem bonito, mostrei aqui! Depois dele, tive que comprar mais, e qual não foi a minha surpresa, quando na lojinha vi que tinham baixado o preço, agora são apenas € 1,50!! Comprei mais 2, um verde e um bronze, e só não trouxe mais porque estavam com poucas cores, a menina da loja logo me descansou – em breve terão mais cores disponíveis. 🙂

Hoje mostro o verdinho:

015

Leia mais deste post

Magic, Miyo

Oi meninas,

Tudo bom?!

Lembram desse post aqui, em que eu tava toda feliz porque tinha achado marquinhas novas?! Uma delas era a Miyo, e depois do Lavender, um roxinho lindo que foi  primeiro e único esmaltinho que comprei deles para mim, acabei não comprando ou  usando mais nenhum… Tanto entusiasmo, para aproveitamento 0! Ahah Pois bem, hoje mostro outro esmaltinho da empresa, o Magic:

O Magic é um azul royal perolado, lindo! Minha mãe apelidou de azul bola de Natal, mas ele é bem mais que isso! É vibrante, profundo, e de tom perfeito para o meu gosto! Mais uma vez a Miyo não me desapontou, o verniz é bem pigmentado, cobriu perfeitamente com 2 camadas, não manchou, as cerdas não ficam marcadas, só amor!

Usei uma camadinha de Seche para ajudar na secagem, ele não precisa de brilho extra, porque brilha horrores! Pensem que uso Seche Vite em 90% das minhas esmaltações, e nem todos os esmaltes tem esse brilho lindo que vocês vêm na foto. Ele é super fácil de passar, o pincel deles é curtinho, mas achatadinho, o que facilita muito. Claro que na hora de limpar, vocês sabem como é azul royal né?! Um parto! Pelo menos não amarelou as minhas unhas.

Usei por 3 dias e nem uma lasquinha, curti tanto o verniz que tive vontade de incrementar, mas não deu! Fui obrigada a tirar, e passar uma cor mais chatinha clarinha, coisas de trabalho!…

Ainda só usei 2 esmaltes da marca, mas se a qualidade de todos for como a dos que usei, valem muito a pena – €1,99 e óptima qualidade, estão super aprovados!

Beijo, tenham um óptimo fim-de-semana!